ALERTA GERAL HOJE (08/07) do CRAS para receber NOVO benefício EXCLUSIVO para CPFs com NIS 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0

O Projeto VIVALEITE é um dos maiores programas de distribuição de leite enriquecido no Brasil, criado em 1993 para combater a anemia por deficiência de ferro em crianças e idosos de baixa renda.

Atualmente, o programa beneficia 284 mil pessoas em todo o estado de São Paulo, fornecendo mensalmente 15 litros de leite pasteurizado, integral e enriquecido com ferro, vitaminas A e D.

Para os beneficiários do Bolsa Família, o VIVALEITE é uma oportunidade valiosa para complementar a alimentação de suas famílias com um produto nutritivo e saudável.

Descubra como os inscritos no Bolsa Família podem garantir esse benefício de 15 litros de leite por mês, conheça os requisitos, o processo de inscrição e a importância deste programa para a saúde de crianças e idosos.

Entendendo o Projeto VIVALEITE

O Projeto VIVALEITE, implementado pela primeira vez em 1993 pela Coordenadoria de Abastecimento da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, passou por várias mudanças ao longo dos anos.

Em 1999, foi integrado ao Programa Estadual de Alimentação e Nutrição e, em 2011, passou a ser coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo (SEDS).

Atualmente, o programa atende aproximadamente 300 mil beneficiários por mês em 645 municípios do estado de São Paulo.

Essa expansão demonstra o compromisso do governo em ampliar o acesso a uma alimentação saudável e combater a deficiência de ferro, especialmente entre os grupos mais vulneráveis da população.

Critérios de elegibilidade para o Programa VIVALEITE

Para se tornar beneficiário do VIVALEITE, é necessário atender a critérios específicos de elegibilidade, que variam conforme a região do estado:

Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) e Capital

  • Atende crianças de 6 meses a 6 anos e idosos acima de 60 anos.
  • Renda familiar de até 2 salários mínimos.
  • Prioridade para famílias com renda per capita de até 1/2 salário mínimo.

Interior e Litoral

  • Destinado a crianças de 6 meses a 6 anos.
  • Prioridade para famílias com renda familiar de até 1/4 de salário mínimo per capita.

É essencial que os beneficiários mantenham seus dados atualizados no Cadastro Único (CadÚnico), informando quaisquer mudanças na composição familiar, endereço ou renda. Essa atualização é crucial para garantir o recebimento contínuo do benefício.

O processo de inscrição no Programa VIVALEITE

O processo de inscrição no VIVALEITE varia conforme a região do estado:

Inscrição na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) e Capital

  1. Cadastro no CadÚnico: As famílias devem procurar o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo para se cadastrar no CadÚnico e obter o NIS (Número de Identificação Social).
  2. Contato com Entidades Parceiras: Após o cadastro no CadÚnico, é necessário entrar em contato com uma Entidade Social parceira do programa, utilizando o mapa geolocalizador disponível no site do VIVALEITE, para verificar os pontos de entrega próximos.

Inscrição no Interior e Litoral

  1. Cadastro no CadÚnico: Assim como na RMSP e Capital, a família deve se cadastrar no CadÚnico.
  2. Contato com a Prefeitura: Em seguida, a família deve procurar a prefeitura do município para receber orientações sobre o cadastramento no programa VIVALEITE.

Parcerias

Entidades sociais interessadas em se tornarem parceiras do VIVALEITE podem encaminhar um ofício para a Secretaria de Desenvolvimento Social, com informações como CNPJ, razão social e endereço para entrega. O contato pode ser feito pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (11) 2763-8040.

Benefícios do Programa VIVALEITE

O Projeto VIVALEITE oferece inúmeros benefícios para a saúde e o bem-estar das crianças e idosos atendidos, destacando-se no combate à anemia por deficiência de ferro e na melhoria da qualidade de vida desses grupos vulneráveis.

Combate à Anemia por Deficiência de Ferro

Estudos indicam que uma em cada três crianças até sete anos no Brasil sofre de anemia por deficiência de ferro. O leite distribuído pelo VIVALEITE é enriquecido com ferro, vitaminas A e D, ajudando a combater essa condição e melhorando a disposição, o aprendizado e o desenvolvimento intelectual das crianças.

Benefícios para a Saúde de Crianças e Idosos

Para as crianças, o leite é essencial para o crescimento e desenvolvimento, fornecendo nutrientes fundamentais e contribuindo para a hidratação. Já para os idosos, o leite fortificado ajuda na saúde óssea e fornece proteínas importantes para a manutenção da massa muscular.

Importância do Projeto

O Projeto VIVALEITE desempenha um papel crucial na melhoria da saúde e da qualidade de vida de crianças e idosos em situação de vulnerabilidade social no estado de São Paulo.

Atualização Cadastral no CadÚnico

Para usufruir deste benefício, é essencial que os beneficiários do Bolsa Família mantenham seus dados atualizados no Cadastro Único. Quaisquer alterações na composição familiar, endereço ou renda devem ser comunicadas ao CRAS do município.

Participar do Projeto VIVALEITE garante aos beneficiários do Bolsa Família acesso a um alimento rico em nutrientes, ajudando a combater a anemia e promovendo o desenvolvimento saudável de crianças e a manutenção da saúde de idosos.

Antecipação do Bolsa Família

Nos últimos meses, milhares de famílias em diversas regiões do país tiveram suas parcelas do Bolsa Família antecipadas devido a desastres naturais causados por fortes chuvas. Essa medida do Governo Federal visou oferecer assistência rápida e eficaz a essas famílias vulneráveis.

A maior parte da antecipação do Bolsa Família ocorreu no Rio Grande do Sul, onde 497 cidades tiveram todas as suas parcelas depositadas no dia 18 de julho. Além disso, outras regiões também foram incluídas nessa iniciativa, como:

  • Roraima: Amajari, Alto Alegre, Caracaraí, Iracema e Mucajaí
  • Amazonas: Barcelos, Santa Isabel do Rio Negro e São Gabriel da Cachoeira
  • Rio Grande do Norte: Venha-Ver
  • Maranhão: Arari, Boa Vista do Gurupi, Carutapera, Conceição do Lago-Açu, Lago da Pedra, Lagoa Grande do Maranhão, Pindaré-Mirim, Santa Inês, São João do Soter, São Roberto, Trizidela do Vale e Tuntum
  • Paraná: Pérola D’Oeste e Quinta do Sol

Calendário de pagamentos do Bolsa Família em Julho

As parcelas do Bolsa Família em julho serão depositadas conforme o seguinte calendário:

Número final do NISData de Pagamento
118 de julho
219 de julho
322 de julho
423 de julho
524 de julho
625 de julho
726 de julho
829 de julho
930 de julho
031 de julho

É essencial que os beneficiários fiquem atentos a esse calendário para sacar seus pagamentos na data correta.

William Tormen

Ao longo da minha trajetória profissional, me dediquei à especialização em conteúdo para Google News e Discover, acumulando mais de 18 anos de experiência nesse segmento. Na minha jornada, ascendi à posição de CEO de uma Agência Digital e me tornei sócio em outras agências,… Mais »