Banco do Brasil libera R$ 1,16 bilhão para CPFs PREMIADOS hoje (10/07); veja se o seu CPF foi PREMIADO

O mercado financeiro brasileiro está ansioso pelo pagamento de proventos em junho de 2024, com destaque para distribuições significativas de algumas das principais empresas listadas na B3.

Banco do Brasil
Foto: Shutterstock

Entre elas, o Banco do Brasil (BBAS3) se destaca ao anunciar a distribuição de R$ 1,165 bilhões aos acionistas como remuneração antecipada. Esse valor será pago na forma de Juros sobre o Capital Próprio (JCP) referentes ao segundo trimestre de 2024, representando R$ 0,204 por ação BBAS3.

Além disso, empresas importantes como Cemig (CMIG3; CMIG4) e Companhia Paranaense de Energia – Copel (CPLE3; CPLE5; CPLE6) também realizarão pagamentos de JCP e dividendos aos seus investidores nesse período.

Banco do Brasil libera R$ 1,16 bilhão para CPFs PREMIADOS hoje (10/07); veja se o seu CPF foi PREMIADO

No dia 28 de junho de 2024, o Banco do Brasil (BBAS3) fará o pagamento de R$ 1,165 bilhões em Juros sobre o Capital Próprio (JCP) aos seus acionistas, representando R$ 0,204 por ação BBAS3.

Os investidores que possuírem ações BBAS3 até o dia 13 de junho de 2024 terão direito a receber esses proventos. O pagamento será realizado em 28 de junho de 2024.

Essa prática de distribuir JCP de forma antecipada pelo Banco do Brasil é regular, refletindo a solidez financeira da instituição e seu compromisso em gerar valor para os investidores. A estratégia é bem recebida pelo mercado, destacando a consistência na remuneração dos acionistas.

Cemig paga R$ 1,56 Bilhão em JCP e dividendos

Além do Banco do Brasil, a Cemig (CMIG3; CMIG4) também se destaca no pagamento de proventos em 28 de junho de 2024, distribuindo um total de R$ 1,56 bilhões aos seus acionistas. Esse valor inclui Juros sobre o Capital Próprio (JCP) e dividendos.

Os valores por ação são:

  • R$ 0,300 em JCP por ação CMIG3 e CMIG4
  • R$ 0,095 em JCP por ação CMIG3 e CMIG4
  • R$ 0,097 em JCP por ação CMIG3 e CMIG4
  • R$ 0,096 em JCP por ação CMIG3 e CMIG4
  • R$ 0,121 em dividendos por ação CMIG3 e CMIG4

Essa distribuição substancial reflete a solidez financeira da Cemig e seu compromisso em recompensar os acionistas. Os investidores que possuírem ações CMIG3 e CMIG4 até 21 de dezembro de 2023 terão direito a esses proventos.

Copel paga JCP e dividendos adicionais

A Companhia Paranaense de Energia – Copel (CPLE3; CPLE5; CPLE6) também se destaca no pagamento de proventos em 28 de junho de 2024, distribuindo Juros sobre o Capital Próprio (JCP) no valor de R$ 501,1 milhões. Os valores por ação são:

  • R$ 0,159 por ação ordinária CPLE3
  • R$ 0,175 por ação preferencial classe “A” CPLE5 e classe “B” CPLE6
  • R$ 0,859 por unidade CPLE

Além disso, a Copel pagará um dividendo adicional de R$ 131,2 milhões, distribuído da seguinte forma:

  • R$ 0,041 por ação ordinária CPLE3
  • R$ 0,146 por ação preferencial classe “A” CPLE5
  • R$ 0,046 por ação preferencial classe “B” CPLE6

Os acionistas que terão direito a esses proventos serão aqueles que possuírem ações até 29 de setembro de 2023 (JCP) e 22 de abril de 2023 (dividendo adicional).

Bradesco lidera com R$ 5 Bilhões em JCP

Embora o Banco do Brasil, a Cemig e a Copel sejam destaques no pagamento de proventos em 28 de junho de 2024, a maior distribuição do dia será realizada pelo Bradesco (BBDC3; BBDC4). A instituição financeira vai distribuir R$ 5 bilhões aos acionistas na forma de Juros sobre o Capital Próprio (JCP).

Os valores por ação serão:

  • R$ 0,4920455070 para ações preferenciais BBDC4
  • R$ 0,4473140970 para ações ordinárias BBDC3

Os investidores com ações até 21 de dezembro de 2023 terão direito a esses proventos.

Essa significativa distribuição de JCP pelo Bradesco evidencia sua solidez financeira e compromisso em remunerar os investidores de forma robusta. O mercado acompanhará de perto essa movimentação, pois o Bradesco é uma das maiores instituições financeiras do país.

Outras empresas também pagarão proventos

Além das empresas já mencionadas, outras 9 companhias também pagarão proventos aos seus acionistas em 28 de junho de 2024. Entre elas, destacam-se:

  • CATA4 e CATA3: Pagamento de dividendos
  • PTCA3: Pagamento de dividendos
  • WLMM4 e WLMM3: Pagamento de dividendos
  • MULT3: Pagamento de JCP
  • EALT4 e EALT3: Pagamento de JCP e dividendos
  • CPLE5, CPLE3 e CLSC4, CLSC3: Pagamento de dividendos
  • ODER3 e ODER4: Pagamento de JCP em diversas datas

Essas distribuições de proventos mostram a diversidade de oportunidades no mercado acionário brasileiro, com empresas de diferentes setores remunerando seus investidores de forma regular.

Análise do impacto das distribuições de proventos

As expressivas distribuições de proventos realizadas pelas empresas em 28 de junho de 2024 impactam significativamente o mercado financeiro. Esses pagamentos representam uma remuneração direta aos acionistas, aumentando a atratividade dos ativos e gerando fluxos de caixa adicionais para os investidores.

Essa movimentação de recursos tende a atrair a atenção de diversos investidores, tanto pessoas físicas quanto institucionais, em busca de oportunidades de investimento com retornos recorrentes. Isso pode impulsionar a valorização das ações dessas empresas, beneficiando os investidores que as possuem em suas carteiras.

Além disso, o pagamento de proventos é um indicativo da saúde financeira das companhias, demonstrando sua capacidade de gerar caixa e remunerar seus acionistas. Isso pode melhorar a percepção de risco desses ativos, tornando-os ainda mais atraentes para os investidores.

Quem pode abrir uma conta no Banco do Brasil?

A conta corrente do Banco do Brasil está disponível para qualquer pessoa física maior de idade, nascida e residente no Brasil. Isso inclui estudantes universitários e cidadãos estrangeiros que atendam a esses requisitos.

Contudo, Pessoas Expostas Politicamente (PEPs) não têm acesso à opção de conta corrente. Para abrir uma conta no BB, o primeiro passo é baixar o aplicativo móvel do banco, disponível para Android e iOS.

No aplicativo, selecione “Quero ser cliente” e informe seu CPF. Em seguida, serão solicitados os seguintes documentos:

  • Documento de identificação (RG, CNH ou Passaporte);
  • Comprovante de endereço residencial;
  • Comprovante de renda (caso solicitado).

Certifique-se de que todas as fotos e arquivos enviados sejam nítidos e legíveis para facilitar a validação dos dados pelo Banco do Brasil.

Processo de abertura de Conta do Banco do Brasil

Após fornecer as informações pessoais e documentos necessários, o processo de abertura de conta no Banco do Brasil segue estas etapas:

  1. Verificação de Identidade: O BB realiza uma verificação automática da identidade, solicitando que o usuário tire uma selfie no aplicativo e envie fotos nítidas do documento de identificação.
  2. Validação de Dados e Documentos: O banco analisa as informações e documentos fornecidos. Em muitos casos, o envio de comprovantes adicionais não é necessário. No entanto, em algumas situações, pode ser necessário comprovar renda e residência por motivos de segurança.
  3. Ativação da Conta: Após a validação, a conta será ativada em até 3 dias úteis. O cliente será notificado em caso de problemas durante a análise e receberá orientações sobre os ajustes necessários para correção.

Funcionalidades da conta corrente do Banco do Brasil

Com a conta corrente do Banco do Brasil, o cliente pode realizar diversas operações financeiras, incluindo:

  • Transferências bancárias (Pix, TED, DOC);
  • Depósito de cheques;
  • Débito automático;
  • Aplicações financeiras;
  • Pagamento de contas e boletos.

Além disso, o Banco do Brasil oferece uma ampla gama de produtos e serviços, como cartões de crédito e débito, investimentos e seguros, todos acessíveis e gerenciáveis diretamente pelo aplicativo móvel.

William Tormen

Ao longo da minha trajetória profissional, me dediquei à especialização em conteúdo para Google News e Discover, acumulando mais de 18 anos de experiência nesse segmento. Na minha jornada, ascendi à posição de CEO de uma Agência Digital e me tornei sócio em outras agências,… Mais »