Bolsa Família teve uma alteração nesta manhã (10/07) e o VALOR DIMINUIU fazendo com que MILHÕES de famílias entrassem em DESESPERO; confira

Você percebeu uma redução no valor do seu Bolsa Família? Não se preocupe, estamos aqui para explicar o que pode ter acontecido e o que você deve fazer. O Bolsa Família é essencial para muitas famílias brasileiras, e qualquer alteração no valor recebido pode causar preocupação.

O programa foi relançado com novas regras e benefícios que consideram o tamanho e as características familiares. É importante entender como esses benefícios funcionam e o que pode causar a perda de alguns deles. Continue lendo para descobrir como garantir que você continue recebendo o máximo possível.

Vamos explorar as possíveis razões para a redução e as ações que você pode tomar para solucionar esse problema.

Benefícios Financeiros do Bolsa Família

O Bolsa Família é composto por vários benefícios que podem se somar, resultando em um valor total maior para as famílias. Veja como cada benefício funciona e como ele pode ser perdido:

  1. Benefício de Renda de Cidadania: R$ 142,00 por integrante da família. Este valor é destinado a todas as famílias beneficiárias do programa.
  2. Benefício Complementar: Garante que o total dos benefícios não seja inferior a R$ 600,00. Se a soma dos benefícios for menor que R$ 600,00, a diferença é adicionada para alcançar esse valor.
  3. Benefício Primeira Infância: R$ 150,00 por criança de 0 a 7 anos incompletos. Este benefício é perdido quando a criança completa 7 anos.
  4. Benefício Variável Familiar: R$ 50,00 por:
    • Gestante
    • Nutrizes (mães que amamentam)
    • Crianças de 7 a 12 anos incompletos
    • Adolescentes de 12 a 18 anos incompletos
    • Este benefício é perdido quando a criança/adolescente ultrapassa a idade limite ou quando a gestante/nutriz deixa de cumprir os requisitos.
  5. Benefício Extraordinário de Transição: Destinado às famílias que eram beneficiárias do Programa Auxílio Brasil em maio de 2023. O valor é calculado pela diferença entre o valor recebido em maio de 2023 e o que vier a receber em junho de 2023.

Razões para a Redução do Benefício

  1. Idade das Crianças: Como mencionado, o Benefício Primeira Infância de R$ 150,00 é perdido quando a criança completa 7 anos. Verifique se alguma criança da sua família atingiu essa idade recentemente.
  2. Mudança na Composição Familiar: Qualquer alteração na composição da família, como o nascimento de um novo membro ou alguém deixando de fazer parte do grupo familiar, pode afetar o valor total do benefício.
  3. Aumento da Renda Familiar: Se a renda per capita da família ultrapassou R$ 218,00, você pode perder parte dos benefícios. Existe uma regra de proteção que permite que famílias com renda per capita entre R$ 218,00 e meio salário mínimo continuem recebendo metade do valor dos benefícios por 24 meses.
  4. Perda de Benefícios Específicos: Além da idade das crianças, gestantes e nutrizes que deixaram de cumprir os requisitos específicos também podem causar a redução no valor recebido.

O Que Fazer se o Valor do Benefício Diminuiu?

  1. Verifique Seu Cadastro: Acesse o Cadastro Único e verifique se todas as informações estão atualizadas. Qualquer mudança na composição ou renda da família deve ser registrada.
  2. Consulte o CRAS: Procure o CRAS mais próximo para obter orientação e esclarecer dúvidas sobre os critérios de elegibilidade e benefícios.
  3. Entenda a Regra de Proteção: Se a renda per capita da sua família está entre R$ 218,00 e meio salário mínimo, você pode estar elegível para receber metade do valor dos benefícios por um período de 24 meses. Informe-se sobre essa regra e verifique se você se enquadra.
  4. Revise os Benefícios: Faça uma lista dos benefícios que sua família recebe e verifique se algum deles foi perdido devido a mudanças nas condições. Isso ajudará a entender a razão da redução e tomar as medidas necessárias.

Manter suas Informações Atualizadas

Manter suas informações atualizadas no Cadastro Único é essencial. Qualquer mudança na composição ou renda da família deve ser imediatamente registrada para evitar surpresas desagradáveis na hora de receber o benefício.

Entender como os benefícios do Bolsa Família são calculados e o que pode causar a perda de parte deles é crucial para garantir que você continue recebendo o máximo possível. Verifique regularmente suas informações no Cadastro Único e procure o CRAS para qualquer dúvida ou atualização necessária. Desta forma, você pode assegurar que sua família continuará a ser apoiada pelo programa da melhor maneira possível.

Ao seguir estas orientações, você pode minimizar o impacto de qualquer redução e garantir que sua família receba o suporte financeiro necessário.

Vitória Tormen

Natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, sou uma profissional comprometida com o desenvolvimento de conteúdos e a criação de posts otimizados para o Google News e Discover. Possuo uma vasta experiência em SEO técnico e SEO de conteúdo, garantindo que o material… Mais »