Simone Tebet bate o martelo no NOVO Salário Mínimo! CPFs 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 0 podem dizer ADEUS aos R$ 1.412

Após anos de trabalho, é natural que os trabalhadores queiram desfrutar dos seus direitos à aposentadoria. Este benefício é concedido aos cidadãos que atendem aos requisitos de idade e tempo de contribuição para a previdência social.

Simone Tebet e Salario Aposentados Simone Tebet bate o martelo no NOVO Salário Mínimo! CPFs 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 0 podem dizer ADEUS aos R$ 1.412

Recentemente, a ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, anunciou uma decisão que afeta os aposentados que recebem o valor mínimo de R$ 1.412, equivalente ao salário mínimo.

Decisão anunciada por Tebet para os aposentados 

O governo federal está empenhado em reformular os gastos públicos para melhorar a qualidade dos investimentos e garantir uma gestão mais eficiente dos recursos. A ministra Simone Tebet tem sido uma voz proeminente nesse esforço, detalhando os planos e estratégias para orientar esse processo.

Uma das prioridades declaradas do governo é manter a vinculação entre o valor das aposentadorias e o salário mínimo nacional, conforme informações oficiais. Tebet enfatizou que não há intenção de desvincular esses elementos, refutando quaisquer especulações nesse sentido.

Ela destacou que a equipe econômica liderada pelo presidente Lula da Silva reconhece a importância dessa política para os beneficiários da Previdência Social. Assim, os aposentados que recebem até um salário mínimo, atualmente R$ 1.412, terão o valor base garantido, independentemente de alterações futuras.

No entanto, a ministra admitiu que manter essa vinculação acarretará um custo significativo para os cofres públicos nas próximas décadas, estimado em mais de R$ 1,3 trilhão. Diante desse desafio, o governo está explorando alternativas para modernizar outros benefícios previdenciários e trabalhistas, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e o abono salarial.

Calendário de pagamentos para aposentados – Julho

Benefícios de até 1 Salário Mínimo serão pagos conforme o penúltimo dígito do número de inscrição social (NIS):

  • Penúltimo dígito 1: 25 de julho
  • Penúltimo dígito 2: 26 de julho
  • Penúltimo dígito 3: 29 de julho
  • Penúltimo dígito 4: 30 de julho
  • Penúltimo dígito 5: 31 de julho
  • Penúltimo dígito 6: 1 de agosto
  • Penúltimo dígito 7: 2 de agosto
  • Penúltimo dígito 8: 5 de agosto
  • Penúltimo dígito 9: 6 de agosto
  • Penúltimo dígito 0: 7 de agosto

Para benefícios acima de 1 Salário Mínimo, o calendário é:

  • Penúltimos dígitos 1 e 6: 1 de agosto
  • Penúltimos dígitos 2 e 7: 2 de agosto
  • Penúltimos dígitos 3 e 8: 5 de agosto
  • Penúltimos dígitos 4 e 9: 6 de agosto
  • Penúltimos dígitos 5 e 0: 7 de agosto

Tipos de aposentadorias pagas pelo INSS

O INSS oferece uma ampla variedade de benefícios para atender às necessidades da população brasileira, incluindo diversas modalidades de aposentadoria. Veja abaixo as diferenças entre elas e quem tem direito:

Aposentadoria por Idade

É concedida aos trabalhadores urbanos e rurais que alcançam a idade mínima exigida, combinada com o tempo mínimo de contribuição. Para os homens, a idade mínima é de 65 anos, e para as mulheres, é de 60 anos.

  • Idade mínima: 65 anos (homens) ou 60 anos (mulheres).
  • Tempo mínimo de contribuição: 180 meses (15 anos).

Aposentadoria por Invalidez

Destinada aos segurados que se tornam permanentemente incapazes para o trabalho, devido a doenças ou acidentes. Neste caso, o benefício é concedido independentemente da idade ou do tempo de contribuição.

  • Incapacidade permanente para o trabalho, comprovada por perícia médica do INSS.
  • Carência de 12 meses de contribuição (exceto em casos de acidente ou doenças graves).

William Tormen

Ao longo da minha trajetória profissional, me dediquei à especialização em conteúdo para Google News e Discover, acumulando mais de 18 anos de experiência nesse segmento. Na minha jornada, ascendi à posição de CEO de uma Agência Digital e me tornei sócio em outras agências,… Mais »